Centro Histórico continua a apostar na arte pública

Na passada semana o artista plástico Le Funky concretizou mais uma intervenção de arte pública no Beco da Casa Santa em pleno Centro Histórico de Évora.

Uma vez mais a iniciativa partiu da Junta da União das Freguesias de Évora (Centro Histórico) que pretende lançar o alerta para a questão dos imóveis desabitados, ao mesmo tempo que promove uma maior e mais próxima relação entre o espaço público e os artistas, tornando os espaços esteticamente menos desinteressantes.

Recorde-se que, ainda durante o mês de janeiro, a mesma autarquia em conjunto com a Câmara Municipal de Évora, promoveu igual iniciativa na Rua das Fontes sob o traço da artista plástica Anabela Calatróia.